sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Um breve retorno

Últimos dias distantes de casa...
Que euforia saber que meus pés tocarão novamente nas areias de Fortaleza.
Vou nadar com Iemanjá no verde mar que tantas vezes acolheu meu corpo, sonhos e anseios...

Combinadas já apresentações do Dilei, muitas rodas de bate papo, surf com meus queridos irmãos e a certeza de que minha pele salgará e de um novo tom se revestirá...


NOVAMENTE
Frevo-canção de Luís Bandeira

Meu Recife,
Voltei novamente
Alegre e contente
Revendo o meu povo de novo,
Andei maluco batendo cabeça
Pelo mundo afora
Até parece mentira
O que ouço agora,
Pelo som só pode ser Vassoura
Que vem rasgando um frevo
Fazendo a gente vibrar
Com licença vou fazer meu passo
Estou meio fora de forma
Vocês vão me desculpar...
Vou fazer serenata em Casa Amarela
Quero ver chegar à janela
Uma bela morena de lá
Vou lembrar ao Capiba,
Carnera e Nelson Ferreira
Que o frevo é nossa bandeira
Não vamos deixar ninguém rasgar...

Nenhum comentário: