sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Idéias para meu mundo

Colecionar cartas que contém cheiros
Viver e desfrutar das crises e toda a pureza que proporcionam
Caminhar pela rua como se fosse sempre a primeira vez
Guardar o cheiro que o mato, a terra e as telhas têm quando a chuva vem
Afundar um porta aviões americano
Não se empolgar com a eleição do Obama
Escrever cartas aos meus irmãos
Ir ao estádio de futebol e assistir a partida no meio da massa
Comprar uma panela de pressão para enfim cozinhar um bom feijão
Cantar sempre
Evitar retornar da ESP pra casa no horário de pico
Andarilhar a cada mês.
Se as crianças vierem ao mundo, dar a elas a oportunidade de ao menos uma parte da infãncia ser vivida no sertão e no Cariri.
Aprender a linha de trompete de "Lágrima de um folião"
Reunir amigos de afinidade e convergência sentimental gigantesca que nunca se conheceram
Voltar sempre pra casa.
Evitar ciúme e quando rolar contar até 1.000.987.098 pensando no amanhecer da zona da mata e só depois conversar com ela.
Tomar alguns porres rodeados de amigos e da mulher amada
Passear com o Zeca
Comprar uma zabumba e tocar pife num trio
Achar a foto 3X4 de vovô Ieié
Ensinar o que aprendi pelo prazer de plantar sementes.
Buscar alternativas de vida sempre, sempre, sempre incansavelmente até quando desacreditar ser possível .
Aprender a tocar clarineta.
Viajar pela África
Conhecer os primos da Bahia que não pude conviver.
Estar sempre ciente que nunca vou conhecer São Paulo e que se perder ali é uma forma de se encontrar e de criar minha própria São Paulo.
Surfar pelo menos uma vez por semana
Voltar a Taíba
Desconfiar sempre dos jornais, dos jornalistas e da televisão
Não ter um advogado
Pensar duzentas vezes antes de comprar um carro
Aprender receitas novas e desenvolver o tempêro só meu
Conversar pela música
Cantar pela literatura.
Agradecer a Antônio Nóbrega pela ciranda em que encontrei, dancei, e segurei na mão de minha musa.
Aprender a dançar o que não sei e melhorar o que sei
Sambar apontando o indicador pra cima!
Voltar a Bolívia e ao Peru
Descolar carona pra viagens
Acampar
Pescar e levar livros pra pescaria
Juntar dinheiro pra feira de livro da USP

2 comentários:

nathalia maria disse...

pedir a estrela cadente que faça tudo isso possível!

poeiradeareia disse...

Conseguir ver um estrela cadente em Sampa, para daí sim realizar o danado do pedido!